18 de Agosto, dia Nacional do Campo Limpo

Por: Assessoria de Comunicação

Reciclar embalagens pode parecer simples, porém a ação tem um teor mais didático na questão da conscientização, leva tempo e exige dedicação. Na agricultura, isso tem chegado em todos os setores da cadeia produtiva e o processo tem melhorado muito.

 

O deputado Arnaldo Jardim (Cidadania/SP) participou da cerimônia de comemoração do Dia Nacional do Campo Limpo, na última sexta-feira, 16 de agosto, no município de Taubaté. O evento, promovido pelo Instituto Nacional de Processamento de Embalagens Vazias (InpEV), entidade criada pelos fabricantes de agro defensivos, tem como objetivo recolher as embalagens vazias promovendo a conservação do meio ambiente.

Jardim visitou a estrutura e conheceu os processos da nova fábrica de tampas, a Campo Limpo Tampas e Resinas Plásticas, que utilizará como matéria-prima os resíduos do material reciclado pós-consumo das embalagens devolvidas pelos agricultores ao Sistema Campo Limpo. “Fico muito feliz em ver que a nossa Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS) está sendo implementada e está funcionando. Aqui neste caso (na nova fábrica do InpEV), na logística reversa, para o bem do agro e cuidando do nosso meio ambiente,” disse o deputado, que foi o relator da PNRS.

 

Sobre a Data

No dia 18 de agosto é comemorado o Dia Nacional do Campo Limpo, data criada pelo Instituto InpEV e instituída no calendário brasileiro em abril de 2008 pela Lei Federal nº 11.657, e tem como objetivo de celebrar os resultados da logística reversa de embalagens vazias de defensivos agrícolas no Brasil, além de dar mais visibilidade e promover a conscientização da comunidade com relação à importância de reconhecer o funcionamento desta importante cadeia.

Essa iniciativa é faz parte do Sistema Campo Limpo, um sistema de referência mundial para a logística reversa de embalagens vazias de defensivos agrícolas. E o Brasil é uma referência mundial no direcionamento ambiental correto desse material, encaminhando 94% de embalagens plásticas primárias para reciclagem ou incineração.

Mais de um milhão de pessoas de todo o País já participaram das comemorações. A celebração da data é realizada pelas centrais de recebimento de embalagens vazias, com apoio do InpEV, seus associados fabricantes de defensivos agrícolas, entidades representativas do setor (Abag, Aenda, Andav, Andef, Aprosoja, CNA, OCB e Sindiveg), organizações públicas (municipal, estadual e federal) e privadas, além de apoiadores locais.

“Esta é mais uma etapa do Sistema Campo Limpo. Eu estive no lançamento da Pedra Fundamental da fábrica e agora é uma alegria ver tudo em funcionamento, ver essa missão cumprida”, avaliou o deputado.

 

Informações sobre o inpEV e o Sistema Campo Limpo em: www.inpev.org.br.

Assessoria de Comunicação

comentários