75 dias para Cidadania!

Por: Assessoria de Comunicação

O diretório estadual do Cidadania de São Paulo reuniu na última segunda-feira, 13 de janeiro, em sua sede, na Capital, sua executiva para definir a programação do grande encontro do partido no próximo dia 25 e discutir as perspectivas para as eleições 2020 – as primeiras com novo nome, estatuto e programa. A reunião também destacou uma data importante: faltam 75 dias para o término do prazo para novas filiações.

Presidente estadual, o deputado federal Arnaldo Jardim abriu a reunião fazendo um panorama da atuação do Cidadania no Congresso Nacional em 2019 e falando sobre o cenário de 2020. “Neste ano, um componente acentuado é, de um lado fortalecer o Cidadania, e esses movimentos sociais que temos incorporado significam uma nova energia e novas experiências para nós todos; e, de outro, termos um bom protagonismo nas eleições municipais”, destacou.

Os membros da executiva definiram que, de olho justamente nas eleições municipais, o evento do dia 25, que será realizado no auditório principal da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp), na Capital, a partir das 9h, contará com orientações jurídicas e sobre comunicação para as e os pré-candidatos do partido.

Serão abordados pontos como o novo perfil do eleitor e o melhor modo de se comunicar com ele, as novas regras eleitorais que devem ser observadas e as datas importantes que precisam ser cumpridas para acompanhar o calendário eleitoral 2020 – como os 75 dias restantes para atrair novas filiações, vale repetir.

O encontro também reunirá os presidentes nacional e estadual do Cidadania, Roberto Freire e Arnaldo Jardim, respectivamente, para traçar um cenário da conjuntura política nacional na atualidade e quais as perspectivas para o pleito de outubro próximo. Prefeito de Vitória, Luciano Rezende (Cidadania) falará sobre noções de administração municipal.

O diretório estadual decidiu também realizar por todo o Estado outros quatro encontros do mesmo perfil, mas regionais para aproximar ainda mais o partido dos pré-candidatos. Todos serão realizados em fevereiro: Araçatuba (dia 1), Botucatu (2), São Paulo (8) e Limeira (9).

Participativo

A reunião da executiva estadual também abordou o novo momento do Cidadania, que no fim de 2019 mudou de nome e aprovou novos estatuto e programa – com pontos como o fim do fechamento de questão e maior abertura aos movimentos sociais.

“Fizemos em dezembro uma reunião para dialogar com os movimentos sociais e os jovens, foi um bom momento de discussão. Também realizamos o encontro da Diversidade, que começa a ganhar força dentro do partido”, lembrou o secretário Carlos Fernandes.

“O objetivo é que as mulheres estejam cada vez mais presentes e propositivas dentro da política”, completou a vereadora e pré-candidata à prefeita de Taubaté Loreny Caetano, representando as mulheres – que preparam programação de cursos por todo o Estado de São Paulo para abrir ainda mais espaço à participação feminina no Cidadania.

Para o secretário do Cidadania nacional Davi Zaia, as mudanças incorporadas pelo partido são muito positivas e acompanham a evolução do momento político. “Aprovamos um estatuto adequado para a realidade que estamos vivendo, contemplando várias opiniões, trazendo mudanças necessárias e que é muito rico do ponto de vista da participação política”, avaliou.

comentários