Arnaldo Jardim defende aumento de pena para feminicídio

Por: Assessoria de Comunicação

Publicado por PPS

O deputado federal Arnaldo Jardim defendeu o aumento de pena para o crime de feminicídio em sessão realizada na tarde desta quarta-feira (28), no plenário da Câmara. O parlamentar encaminhou o voto contrário à emenda de autoria do Senado Federal que propunha a revogação de um novo agravante para a pena do crime perpetrado contra as mulheres.

“Entendemos que rejeitar essa emenda do Senado é manter a integridade daquilo que foi deliberado neste plenário”, afirmou Jardim.

O projeto original, do deputado Lincoln Portela (PR-MG) muda o Código Penal para aumentar, de 1/3 à metade a pena por feminicídio se o crime for praticado em descumprimento à medida protetiva.

Jardim elogiou a atuação da deputada federal Carmen Zanotto (PPS-SC), que trabalha junto com a bancada feminina da Câmara em prol dos interesses das mulheres.

“É um compromisso partidário, que integra nosso programa, mas tem sido tratado, incorporado e desenvolvido pela deputada Carmen junto com a bancada feminina”, disse Jardim.

comentários