Arnaldo Jardim participa de comemoração do Dia Campo Limpo, em Taubaté

Por: Assessoria de Comunicação

O deputado Arnaldo Jardim participou da cerimônia de comemoração do Dia Nacional do Campo Limpo, na manhã de hoje, 16 de agosto, no município de Taubaté. O evento, promovido pelo Instituto Nacional de Processamento de Embalagens Vazias (Inpev), entidade criada pelos fabricantes de agro defensivos, tem como objetivo recolher as embalagens vazias promovendo a conservação do meio ambiente.

Jardim visitou a estrutura e conheceu os processos da nova fábrica de tampas, a Campo Limpo Tampas e Resinas Plásticas, que utilizará como matéria-prima os resíduos do material reciclado pós-consumo das embalagens devolvidas pelos agricultores ao Sistema Campo Limpo. “Fico muito feliz em ver que a nossa Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS) está sendo implementada e está funcionando. Aqui neste caso, na logística reversa, para o bem do agro e cuidando do nosso meio ambiente,” disse o deputado, que foi o relator da PNRS.

Durante a visita foi possível acompanhar o caminho dos resíduos desde a chegada à empresa, como são higienizados, triturados, e transformados em novas peças, fechando o ciclo de produção. Para João Cesar Rando, presidente da empresa, “as ecocaps são fruto da constante busca por inovação e criação de melhorias na resina pós-consumo produzida pela Campo Limpo”.

“Esta é mais uma etapa do Sistema Campo Limpo. Eu estive no lançamento da Pedra Fundamental da fábrica e agora é uma alegria ver tudo em funcionamento, ver essa missão cumprida”, avaliou o deputado.

O Sistema Campo Limpo reúne mais de 90 empresas, sendo que cada uma destina recursos de forma proporcional ao volume de embalagens colocadas no mercado. O programa gera 1.500 empregos diretos e mais de 1 milhão de pessoas já se envolveram diretamente em ações educativas promovidas pelo Sistema. Além disso, a conscientização dos agricultores contribuiu para que mais de 90% das embalagens plásticas primárias comercializadas (aquelas em contato direto com o produto) tenham destino ambientalmente correto, promovendo a conservação do meio ambiente.

Esses índices posicionam o Brasil como líder e referência mundial no assunto, seguido pela França, com 77%, e o Canadá, com 73%. E reforçam o desafio atual de tornar todo o Sistema autossuficiente, gerando soluções econômicas, sociais e ambientais e mantendo o tripé em contínuo equilíbrio.

O evento contou com a participação do Presidente da Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA), o deputado Alceu Moreira e o coordenador de implantação da Política Nacional de Resíduos Sólidos no Estado de São Paulo, Jose Valverde.

 

Assessoria de Comunicação

comentários