Arnaldo Jardim pede criação de Comissão para garantir repasse de recursos a micro e pequenas empresas

Por: Assessoria de Comunicação

Líder do Cidadania na Câmara dos deputados, Arnaldo Jardim encaminhou ao presidente da Casa, Rodrigo Maia, pedido para a criação de uma Comissão Externa para acompanhar as medidas emergenciais para socorrer micro, pequenas e médias empresas no enfrentamento dos efeitos econômicos causados pela pandemia. No documento enviado nesta quarta-feira, 20 de maio, Arnaldo Jardim argumenta que “os recursos não estão chegando a quem precisa e precisamos analisar de perto os motivos e garantir a efetividade dessa ajuda”.

O deputado lembra que “no Brasil, o governo federal lançou alguns programas de oferta de linhas de crédito. Tais iniciativas foram analisadas, aperfeiçoadas e aprovadas no Congresso Nacional. Infelizmente, elas não estão tendo o alcance desejado, segundo relatos de diversos meios de comunicação e do próprio governo federal. Os recursos não estão chegando para aqueles que mais precisam: os micro e pequenos empreendedores”.

De acordo com dados divulgados pela Federação Brasileira de Bancos (FEBRABAN), as grandes empresas têm sido as principais beneficiárias das linhas de crédito. Dos R$ 270 bilhões liberados até o momento, as grandes empresas receberam R$ 216 bilhões, as médias empresas R$ 43 bilhões e as micro e pequenas empresas R$ 31 bilhões.

“Ou seja, as micro e pequenas empresas, que respondem por cerca de 55% dos empregos de nossa economia, só conseguiram obter apenas 11,5% dos recursos disponíveis”, alerta Arnaldo Jardim. Para o deputado, é preciso discutir esse tema com mais profundidade porque é certo que a crise econômica afetará toda a economia brasileira.

As últimas projeções sobre o desempenho do PIB brasileiro dão conta de que este ano haverá uma queda de mais de 5,1%. “Essa queda é o reflexo das imensas dificuldades que as empresas e trabalhadores brasileiros estão tendo em razão da pandemia”, explica.

comentários