Arnaldo Jardim: Retomada do crescimento virá do investimento privado

Por: Assessoria de Comunicação

O líder do Cidadania na Câmara, deputado federal Arnaldo Jardim (SP), defendeu que a retomada do crescimento econômico do País não se dará pelo consumo das famílias, “que estão endividadas, e lembremos que temos um contingente de 11 milhões de desempregados”. Também não será via aportes de dinheiro público. Segundo o parlamentar, a reação do Brasil se dará por meio do investimento privado e, para que ele ocorra, é necessário prover “a segurança jurídica, a tranquilidade e o marco regulatório de PPPs (Parcerias Público-Privadas), concessões e fundos de investimentos em infraestrutura”.

A nova legislação está pronta para ser votada no plenário da Casa, afirmou Jardim.

“É um instrumento positivo para a retomada do crescimento sem fragilidades”, disse.

O deputado salientou que é importante também que o Senado aprove o quanto antes o marco regulatório do saneamento básico.

O parlamentar lamentou os números da produção industrial divulgados ontem pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). Houve queda de 1.1% no ano passado.

“Decrescemos”, lamentou, e acrescentou que é necessário que o Brasil se reindustrialize, citando editorial do jornal O Estado de São Paulo.

“Estamos aqui para nos perfilar na defesa do crescimento e para destacar a importância de que os instrumentos produzidos por esta Casa possam mais rapidamente ganhar consequência”.

Discursando pela primeira vez como líder, o deputado ressaltou que o Cidadania não se alia automaticamente ao governo, sobre o qual, no seu entendimento, é preciso ter “uma visão estratégica”.

comentários