BNDES aprova financiamento de produção de biogás e geração de energia elétrica em Narandiba

Por: Assessoria de Comunicação

Presidente da Frente Parlamentar pela Valorização do Setor Sucroenergético, o deputado federal Arnaldo Jardim comemorou a aprovação, pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), na segunda-feira, 13, a aprovação do financiamento de R$ 97,1 milhões para a Cocal Energia. Os recursos serão usados para construção de uma planta de produção de biogás e geração de energia elétrica em Narandiba (SP).

A Cocal pretende produzir 33 milhões de m³/ano de biogás com o projeto. Os insumos para o processo são subprodutos de cana-de-açúcar – a palha, a torta de filtro (resíduo da filtração do caldo de cana) e a vinhaça. É uma notícia a se comemorar porque a cadeia produtiva da cana como um todo é pujante e gera sustentabilidade não apenas econômica, mas também social e ambiental. É a hora definitiva do uso dos biocombustíveis, da transformação da matriz energética brasileira.

“Os biocombustíveis são uma realidade e precisam ter uma participação crescente na nossa matriz. São amigáveis ao meio ambiente, o instrumento mais eficaz que temos para estar sintonizado no combate às mudanças climáticas, são geradores de emprego e renda, são a nossa alternativa verde e amarelo”, destacou Arnaldo Jardim.

A intenção é aproveitar os resíduos gerados durante a produção de etanol e açúcar da unidade da Cocal na cidade. O total gasto para a implementação será de R$ 139,7 milhões – cerca de R$ 30 milhões são de empréstimos de recursos do Fundo Clima.

“Parabéns a toda a equipe do BNDES por reconhecer a capacidade de redução de emissões do Biogás e sua importância na produção de etanol. O apoio do fundo clima é essencial para acelerar a implementação dessa fonte. Política pública integrada, estratégica, com propriedade e visão de longo prazo! Que venham mais projetos de biogás, etanol, biodiesel, bioquerosene”, comemorou Arnaldo Jardim.

 

Assessoria de Comunicação

Deputado Federal Arnaldo Jardim (Cidadania SP)

 

comentários