Comissão aprova pedido de Jardim para realizar debate sobre abertura comercial do Brasil

Por: Assessoria de Comunicação

A Comissão de Minas e Energia da Câmara aprovou, na manhã desta quarta-feira (18), requerimento do deputado Arnaldo Jardim (Cidadania-SP) que prevê a realização de debate sobre os impactos, na érea da indústria, da abertura comercial que o Brasil vem experimentando. Recentemente, o Mercosul, bloco do qual o país faz parte, assinou acordo com a União Europeia e, conforme ressaltou Jardim, “há notícias de que estamos discutindo um acordo comercial com os Estados Unidos”.

O parlamentar disse que é favorável à maior integração internacional do Brasil, mas alertou que esse processo deve ser feito com cuidado para não comprometer setores da indústria nacional. “Não sou daqueles protecionistas, nem defendo artificialismos que com o tempo trazem mais danos à economia do que uma proteção momentânea, mas isso deve ser gradativo”, observou o deputado. Para Jardim, os benefícios dos acordos comerciais são bem-vindos, mas são necessárias também salvaguardas e um ritmo determinado.

Dentre os convidados para a audiência pública na comissão estão representantes da Abimaq (Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos); da Fiesp (Federação das Indústrias do Estado de São Paulo); CNI (Confederação Nacional da Indústria); do Ipea (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada); da Abiquim (Associação Brasileira da Indústria Química); e Abit (Associação Brasileira da Indústria Têxtil e de Confecções).

comentários