Inserção da sustentabilidade na Reforma Tributária é tema de evento em São Paulo

Por: Assessoria de Comunicação

Realizado pelo Grupo Voto, o ciclo de debates “Brasil de Ideias” realizou sua terceira edição, na segunda-feira, 28 de outubro, em São Paulo, reunindo lideranças empresariais e políticas para discutir “Meio Ambiente e os Desafios de uma Reforma Tributária Justa e Eficiente”.

O deputado federal Arnaldo Jardim foi um dos participantes do evento e lembrou o trabalho que vem sedo realizado na Câmara dos Deputados para incluir a tributação verde na Reforma Tributária – a próxima reforma a ser votada pelo Congresso Nacional após a aprovação da Reforma da Previdência.

“Com o debate da Reforma Tributária estamos buscando construir um sistema mais simples, racional e justo. Surge então uma questão importante. Como utilizar a tributação para induzir comportamentos ecologicamente adequados?”, ponderou Arnaldo Jardim.

“Defendo a capacidade política de unir o governo e o ambiente empresarial. Usar essas duas ferramentas: tributação verde e licitação sustentável. Isso pode ajudar muito o consumidor”, defendeu o advogado e consultor Fábio Feldmann, que completou o painel com Arnaldo Jardim.

O esforço da Câmara nesse sentido foi lembrado pelo presidente da Casa, Rodrigo Maia (DEM-RJ). “Nós da Câmara dos Deputados estamos convencidos de que as reformas que tratam das despesas são essenciais. O que vai gerar mudança, de fato, nesse país é a Reforma Tributária. Vamos trabalhar por ela.”

Um caminho de aprovações destacado também pelo ex-ministro da Economia e atual secretário de Fazenda e Planejamento do Estado de São Paulo, Henrique Meirelles. “A Reforma da Previdência foi vital. Agora o próximo passo e mais importante é a reforma tributária. Tem que fazer.”

Karim Miskulin, organizadora e realizadora do ciclo Brasil de Ideias, defende uma rápida aprovação da reforma tributária como forma de simplificar e melhorar o ambiente de negócios no Brasil. “Não podemos deixar o timing passar e deixar essa proposta de lado. Ela é fundamental para o desenvolvimento do país”, afirmou. Além disso, ela defende alguma forma de incentivo tributário para empresas que se preocupem com políticas de preservação do meio ambiente.

Também integraram os debates o advogado João Martinelli; Vanessa Canado, do Ministério da Economia; o secretário de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia, Rogério Marinho; o economista Bernardo Appy (Coautor da reforma tributária que tramita na Câmara); o presidente do MDB, Baleia Rossi; e os deputados Aguinaldo Ribeiro (PP-PB).

O “Brasil de Ideias” é uma plataforma de conteúdo e relacionamento com programações voltadas a líderes empresariais e políticos, além de formadores de opinião. O calendário de eventos de 2019 contempla as capitais de Porto Alegre, Brasília, São Paulo e Rio de Janeiro. A expectativa é que a partir de 2020 seja realizado mensalmente em São Paulo.

 

Assessoria de Comunicação

Deputado federal – Arnaldo Jardim – Cidadania/SP

comentários