Instituto Acende e deputados discutem a modernização do setor elétrico

Por: Assessoria de Comunicação

O deputado federal Arnaldo Jardim se reuniu em Brasília, na quarta-feira, 6 de novembro, com integrantes do Instituto Acende Brasil para discutir a modernização do setor elétrico no Brasil. A reunião foi uma iniciativa da entidade e contou ainda com as presenças de outros deputados da Comissão de Minas e Energia.

A entidade planeja promover o seminário “Energia elétrica, o interesse público e o desafio dos legisladores” para os deputados membros da Comissão. “Energia elétrica é algo vital à nossa sociedade e deve ser, idealmente, de baixo custo, fácil acesso e confiável, ou seja, a população, especialmente aquela com menor liberdade econômica, não deve ficar vulnerável em nenhum momento”, ressaltou Arnaldo Jardim.

O Instituto Acende Brasil é um Centro de Estudos voltado ao desenvolvimento de ações e projetos para aumentar o grau de Transparência e Sustentabilidade do Setor Elétrico Brasileiro. Baseados em números e fatos, pensa e analisa o setor com a lente de longo prazo, buscando oferecer à sociedade um olhar que identifique os principais vetores e pressões econômicas, políticas e institucionais que moldam o Setor Elétrico Brasileiro.

Diante da constante inovação tecnológica, disruptiva e de seus reflexos no setor energético global, o Brasil passou por relevante aumento da participação de fontes de geração renováveis, com redução da prevalência da hidroeletricidade, e o empoderamento do consumidor, que desafiam as estruturas tradicionais de criação de valor da cadeia produtiva de energia.

É relevante destacar também as distorções entre os principais segmentos desta cadeia produtiva, tais como subsídios cruzados, custos e riscos mal alocados, que geram judicialização e entrave no ambiente de negócios, apontando para uma necessária e urgente modernização do Setor Elétrico Brasileiro (SEB).

Para acompanhar essa dinâmica, o Ministério de Minas e Energia (MME) está promovendo mudanças no quadro regulatório, comercial e operacional do SEB, buscando criar condições para esse novo mundo em constante e acelerada transformação.

Pautado fundamentalmente na governança, na previsibilidade e na estabilidade jurídica e regulatória, o MME tem buscado soluções que permitam desenvolver propostas de Modernização do Setor Elétrico, a qual está orientada pela diretriz básica de levar energia elétrica aos consumidores de forma competitiva, zelando pela sustentabilidade da expansão, com a promoção da abertura do mercado e a eficiência na alocação de custos e riscos.

 

Assessoria de Comunicação

Deputado federal – Arnaldo Jardim (Cidadania/SP)

comentários