MP 915: Jardim quer que recursos aportados em imóveis da União cheguem à população

Por: Assessoria de Comunicação

“O patrimônio público imobilizado não está a serviço da população”, disse o líder do Cidadania na Câmara, deputado Arnaldo Jardim (SP), durante a votação de destaques da medida provisória 915, que facilita a venda de imóveis da União. O partido é a favor da medida. O parlamentar acrescentou: “O instrumento que se tem agora é discutir como isso pode significar recursos para serem aplicados em projetos sociais, para redefinir sua finalidade”.

Segundo o parlamentar, o espírito geral da Câmara na tarde desta sexta-feira (08) era transformar o patrimônio imóvel da União numa coisa que se torne disponível a políticas públicas de interesse da população. A medida provisória facilita a venda de imóveis urbanos e rurais ao mudar procedimentos sobre avaliação de preço mínimo e permitir desconto maior no caso de leilão fracassado. O plenário concluiu no dia 8 de maio a votação dos destaques. A MP vai ao Senado.

comentários