#outubrorosa chega para incentivar a informação e a prevenção contra o câncer de mama

Por: Assessoria de Comunicação

O mês de outubro começa com a importante campanha #outubrorosa para lembrar como é vital, literalmente, estar atento ao câncer de mama – que pode acometer homens e mulheres. É uma iniciativa comemorada em todo o mundo que começou nos Estados Unidos, onde durante este mês várias ações de combate ao câncer de mama (mamografias e eventos) eram realizadas em vários Estados de lá.

A ideia só cresceu e hoje mobiliza o mundo todo com iluminações especiais de monumentos e programações fartas de informação e prevenção. A cor rosa se une ao mês pelo fato de o laço cor-de-rosa ser o símbolo oficial contra esse tipo de câncer que atinge, na maioria das vezes, mulheres.

“Um em cada três casos de câncer pode ser curado se for descoberto logo no início. Mas muitas pessoas, por medo ou desinformação, evitam o assunto e acabam atrasando o diagnóstico. Por isso, é preciso desfazer crenças sobre o câncer, para que a doença deixe de ser vista como uma sentença de morte ou um mal inevitável e incurável”, pede o Instituto Nacional do Câncer (Inca).

De acordo com a entidade, em 2018, 29,5% dos novos casos da doença em mulheres no Brasil foram de câncer de mama. No caso dos homens, ele atingiu 1% dos novos casos. A predominância é do câncer de próstata, com 31,7% dos novos casos. Todos eles merecem atenção.

 

Assessoria de Comunicação

Deputado federal – Arnaldo Jardim (Cidadania/SP)

comentários