Panorama dos resíduos sólidos no Brasil é apresentado em São Paulo

Por: Assessoria de Comunicação

A Associação Brasileira de Empresas de Limpeza Pública e Resíduos Especiais (Abrelpe) lançou em São Paulo, nesta sexta-feira, 8 de novembro, o “Panorama dos Resíduos Sólidos no Brasil 2018-2019”. O documento é divulgado pela entidade desde 2003 e conquistou espaço como a principal fonte de dados do setor, constituindo-se como uma referência para todos aqueles que buscam conhecer sobre resíduos sólidos no Brasil.

Autor da Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS), o deputado federal Arnaldo Jardim, ao lado do ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, participou da apresentação destacando alguns avanços conquistados neste ano para que a questão dos resíduos seja solucionada.

“Embora o tratamento de resíduos sólidos não tenha avançado a ponto de ser festejado, nós tivemos uma série de avanços importantes que, neste ano, se forem consolidados, poderão mudar o clima para o ano que vem”, destacou Arnaldo Jardim.

O deputado apontou iniciativas “como o Pagamento por Serviços Ambientais (PSA), nosso trabalho pela tributação verde, os avanços para ter um novo marco regulatório do saneamento, entre outros instrumentos, para que conceitos tais como logística reversa, economia circular e acordos setoriais possam ser implementados e mudar a forma de tratar os resíduos sólidos no nosso País”.

O evento contou ainda com as presenças do ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, e o advogado José Valverde Machado Filho, responsável pela implantação da PNRS no Estado e representante do secretário Marcos Penido (Infraestrutura e Meio Ambiente).

Fundada em 1976 por um grupo de empresários pioneiros nas atividades de coleta e transporte de resíduos sólidos, a Abrelpe tem pautado sua atuação nos princípios da preservação ambiental e do desenvolvimento sustentável, para representação e defesa do setor, com a missão de promover o desenvolvimento técnico-operacional da gestão de resíduos sólidos no Brasil.

Ao longo de sua atuação, a entidade conquistou a representação da ISWA – International Solid Waste Association no Brasil e foi escolhida para ser sede da Secretaria Regional para a América do Sul da IPLA (Parceria Internacional para desenvolvimento da gestão de resíduos junto a autoridades locais), um programa reconhecido e mantido pela ONU através da UNCRD – Comissão das Nações Unidas para o Desenvolvimento Regional.

 

Assessoria de Comunicação

Deputado Federal – Arnaldo Jardim (Cidadania/SP)

 

comentários