Pompeia comemora 40 anos de formação de jovens para uma agricultura mais forte

Por: Assessoria de Comunicação

O município de Pompeia comemorou no último sábado, 23 de novembro, as quatro décadas de dedicação da Fundação Shunji Nishimura, que aposta nos talentos jovens para formar futuros profissionais da agricultura. O deputado federal Arnaldo Jardim (Cidadania) participou das comemorações destacando a importância do trabalho realizado pela entidade.

Ao receber o livro comemorativo dos 40 anos da Fundação que surgiu de um sonho, em 1979, do fundador da Jacto, Shunji Nishimura, o deputado lembrou que investir na formação profissional desde cedo garante que a agricultura conte no futuro com bons profissionais.

“O setor Agro é virtuoso porque se apoia no trabalho duro e na tecnologia para gerar emprego e renda e alimentar o mundo. Formar profissionais dedicados e sérios, que deixarão este setor ainda mais forte, tem sido uma das missões dessa Fundação tão importante”, apontou Arnaldo Jardim.

História

De imigrante pobre, que veio do Japão apenas com sonhos e esperança, trabalhou como boia-fria na colheita de café, foi garçom e mecânico. Após ter construído uma das maiores fábricas de pulverizadores agrícolas do mundo, começou a investir na formação de jovens para trabalhar na agricultura. Quando todos achavam que tinha cumprido sua missão, mostrou que não estava satisfeito.

Resolveu retribuir ao Brasil e à agricultura por tudo que lhe ofereceram. Por meio da Jacto criou a Fundação Shunji Nishimura de Tecnologia (FSNT) e, em 1982, inaugurou o Colégio Técnico Shunji Nishimura; em 1989 o Colégio Shunji Nishimura; em 2005 a Escola Profissionalizante Chieko Nishimura e ainda um Museu, onde registra toda a trajetória do próprio fundador, da Jacto e da Fundação.

Após três anos de estudos e de vivência na Fundação, os alunos do curso de Técnico em Agricultura se formam e ganham o mercado de trabalho. Já são mais de 1000 alunos formados que conheceram uma nova filosofia de vida: a filosofia Nishimura, que entre o Japão e o Brasil soma mais de cinco séculos de conhecimento e tradição.

 

Assessoria de Comunicação

Deputado Federal – Arnaldo Jardim (Cidadania/SP)

comentários