Projeto de Jardim institui o dia nacional da bioenergia

Por: Assessoria de Comunicação

Publicado por PPS

O deputado Arnaldo Jardim (PPS-SP) apresentou projeto de lei que institui o dia nacional da bioenergia em 19 de outubro. A forma mais conhecida de bioenergia no Brasil é o biocombustível – etanol e biodiesel.

A data já comemorativa à bioenergia já é celebrada há quatro anos nos Estados Unidos e o que o deputado propõe, no PL, que é uma iniciativa do portal WeBioEnergias, que ela seja comemorada também no Brasil para lembrar a importância do setor. Jardim quer que outros países abracem essa proposta, até que se institua o dia mundial da bioenergia.

“A principal vantagem da bioenergia é seu caráter sustentável e renovável, que merece atenção em tempos de aquecimento global e da consequente ocorrência de eventos climáticos severos cada vez mais frequentes”, explica Jardim.

De acordo com o parlamentar, a bioenergia tem elevado o índice de confiabilidade e de adaptação à demanda. Outra vantagem é a boa relação custo-benefício e o fato de causar menor desgaste aos equipamentos que alimenta.

A bioenergia no Brasil é um dos componentes importantes da matriz energética. Fica atrás somente da energia hídrica e do gás natural. No fim do ano de 2015, segundo o Ministério das Minas e Energia, constatou-se que a bioeletricidade era responsável por 9,5% da capacidade energética instalada no país.

O Congresso Nacional aprovou recentemente o Renovabio, ou seja, a política nacional de biocombustíveis. “Foi um passo importante rumo à descarbonização da matriz energética brasileira e para o cumprimento da meta de duplicar a produção de etanol até 2030, uma das principais metas do compromisso firmado pelo país no acordo COP 21”, afirmou o deputado.

comentários