Setor agro se reúne com Arnaldo Jardim para discutir impactos do Coronavírus na produção

Por: Assessoria de Comunicação

Em mais uma reunião via web, respeitando o isolamento social orientado pelos órgãos de saúde durante a pandemia do novo Coronavírus, o deputado federal Arnaldo Jardim se encontrou na segunda-feira, 23, com representantes de diferentes setores da cadeia produtiva agropecuária. O objetivo foi discutir medidas e analisar cenários frente às dificuldades causadas pela nova realidade imposta pela doença.

Falando com representantes de setores como suinocultura, sucroenergético, grãos, proteína animal e cooperativista, o deputado discutiu temas como o fluxo de abastecimento deste setor e as alternativas para manter a cadeia em funcionamento – garantindo que não sejam interrompidos o transporte e as operações através de lojas de distribuição dos insumos agropecuários, por exemplo.

Com a participação também do deputado estadual Itamar Borges, presidente da Frente Parlamentar da Agropecuária (SPAgro) na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp), a reunião apontou ainda a importância de se manter pelas prefeituras municipais a aquisição de produtos para a merenda escolar.

Além dessa manutenção das compras, uma boa alternativa é redirecionar esses alimentos para que possam, sob a forma de cestas básicas, serem oferecidos à população. “Isso é importante para atender a população e é uma forma de manter a compra dos pequenos produtores que fornecem estes alimentos”, destacou Arnaldo Jardim.

Outro ponto levantado na reunião foi a necessidade de renovação do Convênio 100 para que a isenção tributária prevista por ele para os insumos agropecuários continue sendo feita, o que pode diminuir o impacto de encarecimento dos produtos em um cenário econômico cada vez mais delicado.

A reunião virtual discutiu também algumas situações específicas do agro, como a do setor de produção de etanol, que com o rebaixamento dos preços do petróleo no mercado internacional e a brutal queda de demanda poderá ter problemas.

Outro setor que também mereceu atenção foi o de flores, que, como já abordado anteriormente (leia mais aqui), vive uma situação delicada com grandes perdas devido ao cancelamento de festas e eventos. Um prejuízo que gira em torno dos 70% para os floricultores.

Esses foram alguns dos pontos abordados no produtivo encontro do deputado Arnaldo Jardim com o setor agro – que continua com mais rodadas de conversas virtuais para analisar o avanço do novo Coronavírus e seus impactos nos diversos setores da economia e na vida dos brasileiros.

comentários